O ceticismo proclama que o homem não tem habilidade e conhecimento o suficiente para obter as respostas para tudo, por esse motivo não propõe uma resposta para as coisas, mas sim a dúvida.

Desse modo, uma pessoa cética está sempre se questionando e duvidando das coisas, quebrando dogmas e considerando alguns pontos indiscutíveis às discussões, por exemplo, nas religiões.

Além disso, o cético não acredita em nada religioso ou metafísico, ou seja, aquilo que está para além da física. Por essa razão, o cético vai sempre questionar tudo aquilo que lhe é apresentado como verdade.

Como o cético prova as suas ideias?

Para provar suas ideias, o cético usa o pensamento crítico e o método científico, porém, não é necessário o envolvimento da ciência, o empirismo (teoria que afirma que o conhecimento sobre o mundo vem apenas da experiência sensorial), como conhecimentos exigidos.

Característica do Ceticismo

  • Duvida da verdade absoluta;
  • Questiona fenômenos metafísicos;
  • Rebate tudo o que lhes é apresentado;
  • Defende a felicidade sem julgamentos;
  • Apresenta neutralidade diante as questões;
  • Questiona dogmas e religiões;
  • Possui desenganadores que desmentem e impedem charlatanismo e falsidade;
  • Confronta religiosos que partem para ataques pessoais ao invés de comprovarem suas crenças;
  • Nega tudo ao invés de questionar (mas só para casos específicos).

Para saber mais: O que é Ceticismo (confira no link)

CETICISMO x DOGMATISMO

O dogmatismo é o contrário do ceticismo, pois, trata as coisas e as ideias como verdades absolutas. Ou seja, as pessoas dogmáticas acreditam de forma submissa em algo que lhe foi imposto, sem questionar se é verdade.

As religiões são exemplos práticos de dogmatismo, já que os seus seguidores acreditam como verdade absoluta tudo aquilo que está nos seus livros sagrados, sem questioná-los.

Como, por exemplo, a visão cristã que Deus é único, que não existiriam outros deuses, e que ele teria criado o universo como conhecemos hoje a partir do nada.

 

Link de referencia.