Na matemática, as equações são todas as expressões aritméticas que exprimem uma relação de resultados através dos cálculos dos valores com uma ou mais incógnitas. Isto significa que para a equação de primeiro grau, a incógnita será x, ou 1(1x ou apenas x). Equações de primeiro grau são diferentes das equações de segundo grau, que apresentam uma incógnita ao quadrado (²).


As equações são divididas em termos:

Por exemplo

X + 10 = 25 + 55 , sendo X + 10 o primeiro termo da equação, e 25+ 55 o segundo termo da equação.

Elementos constantes X elementos variáveis

Nas equações, existem sempre os elementos constantes da expressão, e os elementos variáveis.

Os elementos constantes de uma estrutura que forma a equação são representados pelos números. Diferente dos elementos variáveis, que têm as letras como sua representação.

As equações não necessariamente precisam ser representadas por X ou Y. Qualquer letra, ou símbolo poderá representar os elementos variáveis da estrutura, que serão os valores incógnitos.

Vejamos alguns exemplos básicos de equações de primeiro grau

Equação de primeiro grau utilizando a soma.

X + 4 = 15.

Para solucionar esse problema, alteramos a ordem dos fatores e o sinal de + para -.

Então, 15 – 4 = X

Logo, X = 11

 

O mesmo ocorre para as outras diversas operações matemáticas existentes.

Por exemplo, uma equação de primeiro grau com uma multiplicação:

 10 . X = 80

A solução: 80 / 10 = X

X = 8

 

Uma equação de primeiro grau que inicia com uma subtração:

X – 26 = 2

X = 2 + 26

X = 28

E um exemplo de uma equação de primeiro grau que se inicia com divisão:

X / 180= 10

X = 10.180

X = 1800

Logo = 1800(que era o x) / 180 = 9