O folclore brasileiro é muito rico e por isso se encontra em todo o Brasil. Suas manifestações culturais costumam ser mais em festas populares, como por exemplo: carnaval, Festas Juninas, cavalhadas, Festa Do Divino. Muito presente em Lendas e Mitos, como aquelas histórias que as pessoas da roça costumam contar, perceba que em meio a essas histórias, raramente não falaram de uma dessas criaturas místicas: Saci-Pererê, Negrinho do Pastoreio, Mula sem cabeça, Lobisomem, curupira, Bicho-papão e Boitatá.

 Muito presente também nas músicas e cantigas para as crianças e até mesmo como cultura em formato de dança, quem nunca ouviu aquela música e até mesmo dança em formato de Frevo, Samba, fandango, xaxado, xote, maracatu, Pau-de-fita e Quadrilha, talvez até morria de medo quando ouvia uma delas serem cantadas ou ao ver alguém dança-las, se você era uma criança criativa provavelmente morria de medo ou se divertia ao imaginar essas criaturas.

A Celebração do folclore é dia 22 de agosto, seu significado é Sabedoria Popular, mas as pessoas utilizam como se fosse algo pejorativo, sim, uma invenção. Essa palavra veio do inglês de folklore. Poucas pessoas tem o conhecimento de tantas lendas e pensam que se resume apenas nos principais como os que citarei, mas ao todo são 31 personagens.

 

Principais personagens:

 

Iara (lenda da mãe D'Água):

Também conhecida como Uiara (senhora das águas, no idioma tupi guarani). Em sua lenda conta que ela é uma mulher metade peixe.

Ela habita os rios da Amazônia, a mãe D'Água é marcante pelos seus cabelos negros, compridos, mas o que mais chama a atenção nela

é a sua voz hipnotizante de tão bela. De acordo com a lenda, Iara emite um som tão agradável que atrai todos os homens.

 

Saci-pererê:

O Saci-Pererê é um menino negro que tem apenas uma perna, usa um gorro vermelho e está sempre com um cachimbo na boca.

Saci, muito conhecido por suas travessuras suas principais são:

1. Fazer tranças no rabo dos cavalos;

2. Assoviar para assustar animais e pessoas;

3. Esconder objetos domésticos, etc.

o saci por ser tão marcante ganhou uma data comemorativa, alternativa para o halloween 31 de outubro. seu objetivo é celebrar o folclore nacional.

Ele por outro lado não é violento, apenas muito travesso, sim sem costume de ser violento.

 

Curupira:

Sendo Travesso o Curupira é um anão de cabelos ruivos com muitos pelos pelo corpo e pés virados para trás.

Essa última característica citada faz com que as pessoas se percam pela floresta, assim se perdendo nela e não, não encontrando mais o caminho para sua casa.

 

Outros personagens:

Anhangá, Ao Ao, Besta Fera, Boitatá, Boi Vaquim, Boto Cor-de-Rosa, Capelobo, Cobra Grande, Corpo Seco e Bradador, Cuca, Gorjaia, Ipupiara, Jaci Jeterê, Kurupi, Labatut, Lobisomem, Mapinguari, Matinta Pereira, Mboi tuí, Moñai, Mula sem cabeça, Negro d’água, Onça celeste/Charia, Papa-figo, Pisadeira, Quibungo, Teju Jagua, Luisón.